Make your own free website on Tripod.com

Época 2009/2010

Jogos cont
Home
Dia-a-Dia Época 2009/10
Jogos 2009/10
Balanço da época 2009/10
Recepção Futsal Dinamic
Carviçais - "Doidos por bola"
Futebol 11- Club Inglês
Festa de Natal
FESTA 22 ANOS
Os 500 jogos do "capitão"
HOMEPAGE PORTUS87

continuação

 

 

49-  UDINEX  E.  4-4   F7 Masterfoot Alfenense 23 Maio 10

AS, TZ, ZM, NP, NM, PV, Telmo(3), João, auto(1)

Com o regresso do cap. João Nuno, a entrada do convidado João, face às ausências de peso (Manel, Gil e Helder, este último não tanto pelo "peso"!) e a inspiração do Mister, o Portus87 apresentou uma nova organização (não vou dizer qual é, porque isto é um site público!), mas a verdade é que acabou por funcionar bem, até por existir mais um pouco de adaptação de todos ao F7. Quem não precisa de adaptação é mesmo o Telmo, o abono de familia, com mais uma grande exibição, com 3 golos, sendo o último num penalty convertido com enorme frieza, o que garantiu o empate mesmo no final, frente a uma equipa que joga mesmo muito, basta dizer que é o campeão em titulo e num jogo com constante alteração do marcador, ora liderado por nós depois inverteram o resultado...e mais uma vez, lá no final fomos buscar alma e engenho para chegar ao empate. Jogo correcto.

 

48-  AC Gaia    E.  3-3   A Pav. Ant. Nobre  18 Maio 10

AS, HV, TZ, ZM, MM(1), NP, NM(2), PV

E dois dias depois voltamos ao futsal, e esse facto fez-se notar no mais evidente, parte fisica, mas também, e se calhar sobretudo, na clarividência... o que já não explica é a sistematica entrada a perder, e logo tendo chegado a 0-2 contra uma equipa como o AC Gaia. Fizemos então um bom jogo, esforçado, persistência, mas também em algumas fase bem conseguido, com destaque para o fulminante golo (1º) do Nuno Mota e para a garra final ao ser conseguido o empate encima da hora, numa jogada à futebol de 11 (sim porque isto começa a ser um mistela de futebois), com uma subida à linha do TZ a centrar tenso e o mesmo Nuno Mota a empurrar para o fundo d a baliza, no meio houve ainda espaço para o Maganete mostrar serviço.   

 

47-  Extra   E.  2-2   F7 Masterfoot Alfenense 16 Maio 10

AS, HV, TZ, ZM, MM, NP, NM, PV, Gil, Telmo(2)

Iniciamos assim o torneio de futebol de 7 do Masterfoot, com um jogo muito sofrido, frente a uma boa equipa, muito mais rotinada naqueles terrenos ... ainda por cima, adiantaram-se no marcador (2 golos de cantos!), e por duas vezes, mas com muito empenho e espirito, lá nos fomos adaptando, unindo fileiras, defendendo melhor, muito graças às constantes orientações do Mister e adjuntos... e a aposta Telmo acabou por resultar, com 2 golos na sua conta, e conseguimos um (saboroso) empate no arranque, em particular porque, apesar de termos desperdiçado algumas oportunidades no inicio da 2ª parte, a fase final foi penosa, com a equipa do Extra a carregar... desperdiçou uma oportunidade de baliza aberta e um penalty... mas acabamos por merecer esse prémio num jogo muito correcto (ao contrário de um outro jogo "vizinho que deu para o torto")

 

46-  RD Congo    V.  6-5   A Pav. Teixeira Lopes  11 Maio 10

AS, HV, TZ(1), ZM, MM(1), NP(2), SM, PV(2), NM

Grande joga..., nós com 9 e o Congo com 6, resolvemos assumir o jogo, pressionar mais alto, mesmo sabendo que o contra-ataque é temivel... conseguimos assim quase sempre liderar o marcador, chegando mesmo a 3-1, mas depois de alguns falhanços incriveis acabamos por permitir o 4-5 e depois... claro, a garra do costume, muito querer, e também o santo Abel no final, permitiu-nos chegar a uma vitória final por 6-5, em mais um jogo espectacular e sempre muito correcto com estes "parceiros" do RD Congo.

 

45-  Palankas    V.  5-4   A Pav. Ant. Nobre  27 Abr 10

AS, JN(1), TZ, ZM, MM(1), NP(2), SM, PV(1)

Depois de 13 dias de descanso (forçado!), valeu a pena esperar, grande joga, muito equilibrio, mas desta vez levamos a melhor, através de um jogo muito concentrado, boa circulação de bola e uma adequada rotação da equipa (com destaque para o apoio do Helder, desta vez a adjunto, enquanto recupera da lesão), permitiu-nos gerir o jogo e quase desde o inicio liderar o marcador, com destaque para os dois golaços de média distância do Povoa, começa afirmar-se como um especialista... de resto, jogo muito bem disputado, com futsal de grande nivel, como é costume com estas equipas.  

 

44-  AC Gaia     D.  7-9   A Pav. Mun Coimbrões  14 Abr 10

AS, HV, JN, TZ, ZM, NP, SM(3), PV(4)

Num jogo trepidante, bola lá bola cá, futsal com velocidade e de grande qualidade, desta vez os ataques levaram a melhor sobre as defesas, e por isso tantos golos, muitos ainda por cima de belo efeito, curiosamente os nossos foram conseguidos pelos "putos" que conseguiram introduzir mais rapidez na execução, resultado incerto, oscilante acabou por pender no final para os nossos adversários... em resumo grande joga!

 

43-   Club Ingês     V.  5-2   F11  Oporto Cricket  11 Abr 10

AS, HV, JN, TZ, ZM, GC, MM(1), NP(2), SM, NM(1), PV(1), Gil 

O enquadramento fica para a reportagem (ver aqui), no que diz respeito ao jogo propriamente dito,  primeira parte a ver jogar... algumas "pedras" fora do sitio (faltou o Mister!) e outras a se adaptarem..., aplicação de métodos de jogo à futsal, adaptação à bola, ao terreno,... demorou a carburar, levamos logo um golo, mas nada de intraquilidade: mais, ou melhor, melhor corrida, corrigir posições... mas a mudança foi mesmo só ao intervalo. Troca para 3-4-3 (do mais que tradicional 4-3-3, onde é que já ouvi isto?), João recua para defesa central, Sebas para defesa direito (e que defesa...espanto!), Greg e Povoa passam a apoiar o Tó no meio-campo, este também adapta-se, possibilitou controlo do meio campo e lançamentos para o flecha Vieira, na ponta direita e ah! o Nuno Mota acordou na outra ponta...que equipa!, parecia que jogavamos "aquilo" há anos, circulação de bola, passes "a rasgar", oportunidades de golo, grandes remates e especialmente defesa muito segura a recuperar bolas, colocar no meio campo e o resto para os atacantes e também para o Póvoa, grande rematador de meia distância... só faltou a bejeca no final, mas dado o dia e o adiantado da hora...mas não perdem pela demora. De referir ainda, a presença do Afonso e João Azevedo, dois jovens valores do Portus87, mas já em adiantado processo de formação.    

 

42-   Show Team     V.  7-1   A  Ant. Nobre  5 Abr 10

AS, HV(1), JN, TZ(1), ZM, NP(1), SM(2), PV(2) 

Num jogo pequeno, dado o atraso da chegada do adversário, não fizemos uma boa exibição, um jogo amorfo que até começou equilibrado 1-1, mas rapidamente fomos dilatando a vantagem. A vitória foi dedicada ao Manuel Maganete! 

 

41 -   Palankas      D.  4-8   A  Ant. Nobre  30 Mar 10

AS, HV, JN, TZ, ZM, MM, NM(1), SM(1), PV(2) 

E lá foi a invencibilidade no pav. Antonio Nobre ao fim de quase 3 meses e 10 jogos, e vá lá que foi contra uma grande equipa como os Palankas e num grande jogo, em que andamos inicialmente atrás do prejuizo e até conseguimos equilibrar aos 4-4 e tivemos oportunidades sobranas para nos adiantar no marcador, então aplicou-se a máxima "quem não mata..." e foi o que aconteceu, tivemos que passar a pressionar mais encima e como os Palankas no contra-ataque são mortais, o resultado acabou por se desnivelar, não reflectindo o equilibrio no jogo, que foi afinal muito bem jogado e intenso mas sempre correcto. 

 

40 -   CFC       V.  6-4   A  Ant. Nobre  23 Mar 10

AS, HV(1), JN (1), NP(2), TZ, ZM, MM(1), NM, PV(1) 

Era da Taça...passou a ser amigável mas foi um excelente jogo na mesma, como costumam ser todos os jogos com o CFC, porventura a equipa com quem nos dá mais gozo jogar (e já o fazemos desde 2004!). Muito ritmo, animação e zero problemas. Aproveitamos a presença de quase todo o plantel para rodar bastante a equipa, o que deu muita rotação ofensiva, com boa circulação de bola (um dos golos foi mesmo extraordinário tal a velocidade com que a bola foi trocada entre os 4 jogadores de campo), mas falhamos muito nas marcações defensivas. Um jogo que deu enorme gozo numa noite "cheia" por maus e bons motivos: dissemos adeus à Mini-Liga e festejamos os 40 anos (bem vindo ao "clube"!) do grande Zé Manel!

 

39- FAC E. 6-6 A 18 Mar 10

AS, HV(2), TZ, GC(1), SM(2), NM(1) 

Todos a dormir, uns mais que outros, uns chegaram cedo mas não acordaram, outros tarde e não aqueceram, desta vez nem o GR escapou, consequência arrancamos com um "deficit" 0-3 e depois 1-4, foi então que animados pelo constante apoio do Greg, dentro e fora do campo, arrancamos para uma reviravolta fantástica para 5-4, mas que depois quase estragavamos este esforço, mas voltou o tal Greg, e desta vez, foi mesmo ele a marcar o golo final que garantiu o empate... grande jogo e muito emotivo!

 

38- RD Congo V. 4-3  MiniLiga 16 Mar 10

AS, HV, JN, TZ(1), MM, NP, NM(2), PV(1)

Num excelente jogo, em todos os sentidos, emotivo, competitivo, correcto e bem jogado, todos saimos a ganhar, é certo que nós ganhamos mais um bocadinho, mas lá que foi uma hora bem passada lá isso foi... o resto foi o RD Congo a jogar como gosta, ganhar vantagem (apesar de termos marcado logo na primeira jogada) mas permitimos rapidamente a inversão, fechar bem e jogar no contra-ataque, por isso tivemos que ter muita paciência e atenção para conseguir ganhar o jogo, já no final com um fantástico golo do Nuno Mota. Ingredientes: união, coesão, concentração, complementaridade, companheirismo, ...e..., só mesmo no Portus87!

 

37- Arsenal S. Caetano V. 7-5  A 11 Mar 10

AS, HV, TZ, SM(1), MM(1), NP, NM(2), PV(3)

Dadas as ausências, o Portus apresentou-se com uma equipa de clara "tração à frente", talvez por isso a exibição foi um pouco atipica, onde as iniciativas individuais acabaram por resolver o que o colectivo não conseguiu, pelo menos em grandes espaços do jogo 

 

36- Celta de Gaia V. 12-5  A 8 Mar 10

AS(1), HV(2), JN(1), TZ, SM(3), MM(3), PV(2)

... e continuamos a entrar a frio, ou melhor gelado, a perder por 0-3, reagimos muito bem, contra uma equipa que no último jogo não nos deu qualquer hipótese, desta vez devolvemos o resultado, é verdade que a defenderam pior, mas também conseguimos estabilizar o nosso jogo e arrancar uma excelente vitória com realce para o regresso do Sebas, e logo em grande nivel com três golos e várias assitências - temos reforço! 

 

35- Gaiathynaicos V. 6-4  MiniLiga 5 Mar 10

HV, ZM, JN(1), TZ, NM(2), NP(3), PV

Desta vez, começamos e acabamos mal, valeu o inicio da 2ª parte que nos permitiu dar a volta ao marcador e ganhar vantagem suficiente para "adormecer" outra vez, mas também mérito ao adversário que entrou forte e reagiu bem, sempre a defender bem e e a sair para o contra-ataque, num jogo que, como sempre, com esta equipa não há que enganar, muito correcto e disputado até ao fim... um exemplo a seguir, nos tempos que correm, é assim que vale mesmo a pena!

 

34- GaiaUnited V. 8-3  MiniLiga 2 Mar 10

AS, HV, ZM, JN(1), TZ(1), MM, NM(4), PV(2)

Começamos mal, o GU dominou o inicio e até teve as primeiras ocasiões de golo, reagimos a tempo e fizemos dois golos logo seguidos, o que nos permitiu tranquilidade, mas acabamos por sofrer o (infelizmente já tradicional) golo encima do intervalo (3-1). O Mota abriu o livro, fez a suas habilidades, marcou 4 golos e fez a equipa jogar, o que em conjunto com uma defesa sólida, conseguimos alargar o resultado. O jogo fica marcado, já no final, por um desentendimento, em que, o Manel reagiu a uma agressão com outra, e gerou-se uma confusão, logo sanada (até entre os dois intervenientes directos, no final), mas que teve como consequência dois vermelhos (Manel e Abel) sem a correspondência justa e directa na outra parte, mas enfim isso é o que menos interessa... num jogo até então intenso, com algumas palavras a mais, mas sem problema de maior.  

 

33- NorteUnited V. 6-1  A 25 Fev 10

AS, HV, ZM(1), TZ, MM(3), NM, PV(2)

Mais um bom jogo, e apesar do resultado falhamos ainda muitas oportunidades (também pelo facto de durante muito tempo o adversário utilizar GR avançado, o que curiosamente só tiramos partido numa ocasião), defendemos muito bem e contra-atacamos com boa circulação de bola,  destaque assim para os dois extremos, o GR Abel e o pivot Mota, que estiveram ambos imparaveis a defender e a distribuir jogo, respectivamente. 

 

32- CFC V. 3-1  MiniLiga 23 Fev 10

AS, HV, JN, ZM, TZ, MM, NP, NM(2), PV(1)

Em (mais) um jogo muito bem disputado, com o plantel (quase) completo conseguimos levar de vencida a equipa do CFC, conseguimos defender bem, com marcações mais apertadas e sair também bem para o contra-ataque, e o resultado está à vista contra um forte oponente.

 

31- Arsenal S. Caetano E. 3-3  A 18 Fev 10

AS, HV, ZM, TZ(1), MM, NP, NM(1), PV(1)

Num excelente jogo treino, tão bom que até pareceu muito curto (fica para marcar a 2ª parte...) estivemos algo displicentes, especialmente a concretizar mas também algumas abébias defensivas, que permitiram também mais algumas oprtunidades para o adversário, não fosse as intervenções do Helder em noite inspirada,... de resto foi um jogo muito aberto e bem disputado.

 

30- Sob. Orlando V. 5-3  A 12 Fev 10

AS, HV(2), JN, ZM(1), TZ, MM(1), NP(3), PV(2)

Numa noite gelada (ainda por cima apareceram muitos)... o Mister pediu e nós derrotamos a familia!

 

29- RD Congo V. 5-3  A 9 Fev 10

AS, HV, ZM, TZ(1), MM, NP(1), NM(2), PV(1)

Mais um excelente jogo treino (de hora e meia) com o Congo, muito equilibrado e muito bem jogado... assim vale a pena!

 

28- Restaurante Vilamoreira V. 11-8  A  4 Fev 10

JN, HV(2), ZM, TZ(2), MM(4), NM(1), PV(2)

… e o incrível aconteceu, depois da tareia do Celta, em quase uma hora intensa, fomos desafiados para continuar, e não negamos fogo até porque não queríamos acabar a noite com uma derrota (acabamos sim numa barraca de cachorros, mas isso é outra história…) e lá fomos para mais uma hora, com os “desconhecidos” mas que acabaram por propiciar um óptimo jogo treino, sofremos primeiro mas dêmos a volta ao resultado, distanciamo-nos, mas depois tivemos de sofrer (até literalmente, porque o cansaço fazia mossas)… destaca-se o jovem Maganete, que nos seus 44 anos, marcou 4 ao fim de 2 horas de jogo – é obra!

 

27- Celta de Gaia D. 7-12  A 3 Fev 10

HV, ZM, JN(1), TZ(1), MM, NP(1), NM(2), PV(2)

Fomos “atropelados” pelo excelente futsal dos Celta, não conseguimos defender bem os ataques bem esquematizados (forma ou falta de pernas?), tivemos dificuldade em atacar (falta do contra-ataque) e coisa ficou muito desequilibrada, mas lá fomos buscar força e empenho, com o possível engenho, para minorar a coisa… bom jogo treino, a repetir que só nos faz melhorar.

 

26- GD Solnascente V. 7-2  A  27 Jan 10

AS, HV, ZM, TZ, MM(2), NP(4), NM(1)

Continuamos na senda dos jogos treino com equipas seleccionadas, para ganhar ritmo e curtir a bola, foi este mais um caso, no entanto jogamos aos repelões, valeu a velocidade do Povoa, com 4 golos, uma defesa coesa, mas pouca circulação de bola 

 

25- Norte United D. 4-7  A,  21 Jan 10

HV, ZM, TZ, MM, GC(1), NP(1), PV(2)

Belo jogo treino, com muita correcção e também muito ritmo, tanto que não aguentamos a "pedalada", começamos bem a tentar circular a bola defender o nosso meio campo, e assim chegamos ao 3-1, depois voltamos a perdas de bola, permitir contra-ataque, permitimos a reviravolta e lá tivemos que tentar ir atrás do prejuizo, já sem grande força e consequentemente lucidez... mas sempre com garra e a deixar tudo em campo... e quando é assim fica justificada o prémio final: uma francesinha e umas quantas bejecas, tudo de grande qualidade e numa óptima companhia de Amigos!  

 

24- Juventude Unida V. 3-2  Mini Liga,  19 Jan 10

AS, HV, JN(1), TZ, NP(1), PV(1), NM

Voltaram as vitórias, mas muito tremidas, até tivemos oportunidades para descansar, mas o resultado ficou mesmo fixado ainda a meio da primeira parte, quando conseguimos o 3-2. No entanto, foi de facto um jogo bem disputado, equilibrado, correcto e emotivo, como é timbre destas duas equipas... assim sendo dá-se por bem empregue o tempo e o "esforço".


23- Black&White V. 8-1  A,  12 Jan 10

AS, HV(3), TZ(1), NP(3), PV, auto(1)

Bom jogo treino, o Portus87 apresentou uma formação atipica, desde logo pela presença de apenas 1 dos 3 fundadores em actividade, o que estranho (raro!)  e apenas com 5 elementos, se calhar também por isso mesmo, foi vista uma equipa muito cautelosa e responsável, que procurou ter a bola e circula-la bem, sem permitir perdas que derivama em contra-ataques, partindo ainda de uma defesa muito sólida, conseguiu-se construir um resultado (um pouco exagerado) mas numa vitória merecida e muito desejada  

  

22- Amigos FC D. 3-4  Mini Liga,  7 Jan 10

AS, HV, ZM, JN(2), NP(1), MM, VG, PV

Aconteceu de tudo neste estranho jogo. Estivemos a ganhar por 1-0 e 2-1, permitimos que os Amigos passassem para a frente (3-2), empatamos no último minuto, mas a jogar 4 contra 5 sofremos o tento da derrota mesmo nos instantes finais. Mas o pior não foi isso: o ambiente que rodeou o jogo foi negativo, a arbitragem muito fraca em todos os aspectos e no fim só tínhamos motivos para estarmos tristes com este jogo. O que vale é que no Portus vivemos uma união e um espírito únicos e não há tristeza que resista a uns copos e petiscos em grupo. Para a frente, PORTUS87!

 

21- Ribeirenses  D. 3-4  A,  22 Dez 09

HV, JN, TZ, NP, MM, NM(3), GC

Bom jogo treino, mas continuamos nos maus resultados, mas começar com as boas noticias, o regresso, ainda que esporádico, do Greg e o regresso do Nuno Mota, logo com 3 golos e de resto... a continuação da má fase, questão de esquema de jogo?... má forma?... falta de confiança (muito golos falhados)?... de tudo um pouco, quanto ao jogo, muito equilibrado, marcaram o golo da vitória já no final, depois de 1-0 e 1-3 e termos chegado aos 3-3, os ribeirenses apresentaram-se com bons executantes e com cultura de jogo, fizeram-nos correr muito, com bom futsal, apesar de o piso um pouco perigoso, num jogo sempre correcto, e quando assim é, experiência a repetir!  

 

20- Reforços de Inverno  D. 3-5  A,  15 Dez 09

AS, HV, ZM(1), TZ, NP(2), VG, PV, MM

Bom jogo treino, começando com uma toada mais cautelosa, mas como sofremos primeiro, tivemos de ir atrás do prejuizo, até começamos por conseguir, atravé de um golo "do outro mundo" do Zé (quase sem angulo, na sequência de um canto), um pontape fortissimo, fantástico!), mas acabamos por permitir mais golos (falta de reacção, timing de entrada, sem tirar mérito aos RF!) e lá acabamos o jogo homem a homem todo o campo, a correria e sufoco do costume e ainda conseguimos recuperar algo. 

 

19- Inter Coimbrões  D. 3-5  Mini Liga,  10 Dez 09

AS, HV, JN, TZ, NP(2), VG(1), PV, NM

Defrontavam-se duas equipas que decidiram os últimos dois títulos da Mini Liga nas duas últimas jornadas das prova e o jogo nada ficou a dever a essa condição. Apesar de continuarmos mal na Mini Liga, sendo cada vez mais improvável que possamos lutar pela renovação do título, mostramos ontem uma atitude muito forte e enorme capacidade de luta. Vivemos neste momento grande dificuldades em termos físicos, como ficou vísivel na segunda parte do encontro, mas no resto foi o Portus87 de sempre, lutador, unido e com muita alma que se apresentou em Coimbrões, vendendo cara a derrota perante uma das melhores equipas do FFA. Na primeira parte, soubemos aguentar a pressão do Inter, optando pelo contra-ataque como arma e demo-nos bem chegando ao intervalo a ganhar (1-0). No entanto, no segundo tempo não conseguimos acompanhar o forte ritmo e o bom futsal do Inter, que acabou por ganhar com todo o merecimento. O que não quer dizer que não tenhamos dado tudo em campo, conseguindo boas jogadas e várias oportunidades de golo, das quais apenas concretizamos duas, enviando ainda três bolas aos postes em todo o jogo. Uma coisa é certa: mesmo com esta derrota vamos continuar a lutar pela melhor posição possível na Mini liga, e acima de tudo vamos continuar a divertirmo-nos com jogos como este, bem disputados e emocionantes, embora com um "espirito menos futeboleiro" para não dizer mais...

18- FLX  V. 6-3  T. Natal  Futsal Arena,  5 Dez 09

HV, JN(1), ZM, TZ(2), NP(1), MM(1), VG(1)

Sabíamos que a única forma de garantirmos a vitória no torneio era vencer o FLX e garantir uma diferença de golos superior à do vencedor do outro encontro. Voltamos a começar bem, marcando primeiro, mas estava escrito que haveria drama até ao fim. Tudo porque "conseguimos" a proeza de fazer dois auto-golos num minuto e tudo se complicou novamente. Nesta altura a equipa abanou. Foi preciso fazer das tripas coração ("e do coração de novo tripas, tripas à moda do Porto", como diria o nosso Mister Orlando, também ele ausente, por motivos profissionais, mas sempre connosco em espírito!) para não nos irmos a baixo, e com uma garra impressionante reagirmos à altura, com o colectivo sempre em primeiro lugar. Assim chegamos ao empate, demos a volta ao marcador no lance seguinte e depois exploramos muito bem o contra-ataque, porque o FLX nunca desistiu e também precisava de ganhar para lutar pelo caneco.
Mesmo vencendo por 6-3 ainda nos esperava uma última provação: ter que sofrer nos últimos 5 minutos do LEÕES-JUVE, em que os lisboetas chegaram a estar a um golo de ganhar o torneio, quando venciam por 4-2 a 2 minutos do fim. Mas os matosinhenses não estiveram pelos ajustes e no contra-golpe fizeram mesmo o empate. Um final emocionante, com o PORTUS a festejar o triunfo com todo o entusiasmo das coisas que são conquistadas com sofrimento e alma!

 

17- Leões de Porto Salvo  V. 4-3  T. Natal  Futsal Arena,  5 Dez 09

HV, JN(2), ZM, TZ, NP(1), MM(1), VG

Entramos neste encontro ainda mal refeitos da derrota anterior, mas com uma vontade extra de dar tudo para ganhar (única forma de nos mantermos na luta pelo título). E entramos a marcar, novamente com boas jogadas colectivas e bom equilíbrio defensivo. Mas estava visto que íamos ter que sofrer muito nesta competição, com a excelente equipa dos LEÕES a reagir bem e a equilibrar o jogo, respondendo aos nossos golos e passando mesmo para a frente (3-2) já perto do fim. E aqui realmente viu-se a força mental deste PORTUS87, com o pessoal muito unido a lutar todo junto pela reviravolta, que foi conseguida nos últimos 3 minutos, com a emoção extra do 4-3 ter chegado no último minutos, após conversão de um penalti (Cap. João com muita frieza). Depois de perdermos o primeiro jogo na derradeira jogada, respondemos da mesma forma neste segundo encontro, deixando tudo em aberto para a última partida - sofre coração!

16- Juventude Unida  D. 2-3  T. Natal  Futsal Arena,  5 Dez 09

HV, JN, ZM, TZ, NP(2), MM, VG

Ironicamente foi se calhar o nosso melhor encontro em termos de qualidade de jogo. Entramos muito bem, consistentes a defender e rápidos no ataque, criando bonitos lances que íamos desperdiçando na concretização, com várias bolas aos postes da baliza do Simão. Depois, de repente, sofremos dois golos de rajada, contra a corrente do jogo, e demos por nós a ter que arriscar tudo no ataque e na pressão alta. Deu resultado, porque num assomo de energia e garra, chegamos ao empate. Não satisfeitos, continuamos atrás da vitória, falhamos mais uma vez golos incríveis e a Juve, sempre muito unida e perigosa no contra-ataque, acabou por marcar um golo "impossível" (sem ângulo) no último lance do jogo. Que banho de água fria!

15- J04  D. 3-9  A  Pav. Padrão da Légua,  2 Dez 09

HV, JN, ZM, TZ, NP, PV(1), SM(2)

Foi também um jogo em que o J04 foi claramente melhor do que nós, merecendo por inteiro uma vitória contundente, que ficou marcada desde logo pelo abismo de 0-6 logo no inicio. Da nossa parte continua a travessia de deserto - de ideias, de consistência, enfim, uma fase complicada mas que não nos assusta. Já passamos por isto antes, como todas as equipas, e soubemos sempre dar a volta por cima. Vontade não falta, claro. Voltamos a entrar mal, demasiado passivos e apáticos e sofrendo vários golos de rajada tivemos que andar sempre atrás do prejuízo, o que perante um adversário que tem um contra-ataque poderoso é sempre meio caminho andado para a derrota por números claros (9-3 neste caso). Ainda por cima, o J04 teve no Marcos um guarda-redes em noite de gala, defendendo quase tudo o que havia para defender, às vezes mesmo as recargas que pareciam destinadas a ser golo certo.

 

14- IRRIDUCIBILI87  V. 9-6  A  Pav. Boa Nova,  24 Nov 09

AS, HV, JN(4), ZM, TZ(3), NP(2), VG, SM

Um belo jogo-treino que se realizou ontem na Boa Nova, em Leça da Palmeira. Foi um grande prazer conhecer a malta dos Irriducibili87, nossos companheiros de nome, pelo menos na parte do 87. Malta muito porreira, que une o bom futsal (mesmo só com 5 jogadores) com uma postura de grande correcção e boa disposição, sem que isso represente menos empenho no jogo. O encontro foi sempre bem disputado, com várias alternãncias no marcador, fruto também do jogo aberto e ofensivo desenvolvido pelas duas equipas. Começamos melhor, marcamos por duas vezes, mas os I87 reagiram bem, conseguindo o 1-2. Continuaram depois a acontecer as oportunidades de golo junto das duas balizas, levando a que o jogo se tornasse emocionante. Fizemos o 3-1, permitimos o empate a 3-3, estivemos a perder 3-5, mas partimos enfim para um final de jogo muito forte, conseguindo um resultado de 9-6, na sequência de uma atitude mais lutadora e apostando no futebol mais simples, que costuma dar resultados…A pergunta é: porque é que se complica tanto o jogo quando o melhor é trocar a bola simples e rapidamente, sem dar tempo ao adversário de se recompôr na defesa? Realce ainda para o facto dos I87 nunca desistirem, lutando até à exaustão por um resultado melhor. Da nossa parte há ainda que ter menos cerimónias frente à baliza - ainda para mais quando os postes não ajudam nada (foram pelo menos 5 as bolas no madeira da baliza contrária durante todo o encontro). Nota final para o regresso do nosso Sebas aos "relvados" depois de quase 6 meses de afastamento por lesão. É bom tê-lo de volta, ainda para mais numa altura em que o "departamento médico" tem andado muito ocupado, com vários jogadores no estaleiro.
 

13- Ref. Inverno D. 1-2  Mini Liga  Pav. Ac. S. Mamede,  18 Nov 09

HV, JN, ZM, NP, PV, MM, VG(1), NM

A equipa da casa começou melhor, mais acordada para o jogo do que nós, que demorámos a entrar na partida. Assim, surgiu uma bola na nossa barra e o golo inicial numa boa tabela. Só que a partir daí reagimos muito bem (parece que temos que sofrer golos para acordar …e dominamos quase por completo o resto da primeira parte. Dessa pressão intensa surgiu o golo do empate e muitos outros remates perigosos, quase sempre defendidos por um Zé Baía em noite de gala. Os Reforços jogavam agora em contra-ataque e tiveram também as suas chances, com o nosso GR Helder também em bom plano. A segunda parte começou para nós com a má notícia da lesão do nosso pivot, Nuno Mota, que nos fez ter que apostar mais numa toada de expectativa. Acabou por ser uma má opção porque deu de novo o comando do jogo aos Reforços, apesar de nós termos tido algumas possibilidades de golo em contra-ataque. Dersta maneira, sofremos o 1-2 e lá se repetiu a história da primeira parte, com a necessidade de irmos para cima do adversário procurar o empate. E este não surgiu nos últimos minutos por pura infelicidade, tal o número de remates e defesas espectaculares do Baía. E pronto assim sofremos mais uma derrota "fora" - já são 3 - e começamos pouco a pouco a ver os adversários distanciarem-se na classificação. Mas uma coisa é certa: não vamos desistir e só podemos mesmo é melhorar. Que seja já no próximo jogo.

 

12- Inter Desportivo V. 6-2  Mini Liga  Pav. Boa Nova,  10 Nov 09

HV, JN(1), ZM, TZ, NP(1), PV(3), MM(1), VG

Citando o (bom) comentário do adversário - nando: Vitória justa do Portus que se mostrou uma equipa mais adulta, mais experiente e que mostrou mais uma vez que em momentos chave dos jogos descontrolamo-nos emocionalmente e deitamos tudo a perder. Entramos bem em jogo, com posse de bola repartida pelas 2 equipas e com um ataque mais organizado do Portus e um ataque mais objectivo da nossa parte. Entramos a ganhar 1-0, e obrigamos o Portus a ir à procura do empate o que acabaram por conseguir. Numa boa jogada individual o Orlando consegue colocar-nos novamente na frente por 2-1.Mais uma vez o Portus puxou dos seus galões e do seu espírito de equipa e com sucessivas jogadas de tabelinhas de 2 para 1, em que invariavelmente íamos "à queima" e éramos ultrapassados, deu a volta ao resultado ainda antes do intervalo para 3-2. Podíamos ter marcado mais algum golo assim como o Portus. Com este resultado chegamos ao intervalo. A segunda parte nada teve a ver com a primeira. Aqui veio ao de cima o controlo emocional que o Portus consegue efectivamente ter, embora aparentemente, para quem não conheça esta equipa, pareça que não. Com este jogar no limite, jogar na raça, levam equipas menos experientes como é a nossa neste momento, com a entrada de alguns elementos novos (embora quem mais se tenha descontrolado até já tenha algum tempo de Mini Liga) a deixar-se levar na onda e a cometer erros infantis, que ditaram o avolumar do resultado até ao 6-2 final, justo diga-se de passagem, embora se calhar merecêssemos mais 1 ou 2 golos, mas nunca invertendo o sentido do marcador.

O jogo de ontem terminou com uma vitória realmente justa da nossa parte, mas muito difícil e preciosa. O Inter Desportivo mostrou organização e objectividade, conseguindo liderar o marcador em grande fatia da primeira parte, colocando-nos muitos problemas. No entanto, com inteligência e garra conseguimos dar a volta aos problemas e mesmo sem jogarmos bem, chegamos a um nível relativamente bom, com muitas jogadas de entendimento que nem sempre foram bem concluídas, apesar de que o GR do Inter esteve também em bom plano.Na segunda parte, a que chegamos a vencer por 3-2, pudemos então jogar mais na expectiativa, saindo para bons contra-ataques, o que acarretou o avolumar do marcador, mas mesmo assim tivemos muitos golos falhados. Uma palavra para o Inter que nunca desistiu e que lutou sempre por um resultado melhor. À excepção de um ou outro lance em que houve "cabeça quente" de um ou outro jogador, o jogo decorreu com normalidade, embora se possa sempre melhorar nesse aspecto mesmo com o calor do jogo a complicar. Sabemos todos como é.Falta dizer que foi um grande prazer voltar a ver o Vitor com a camisola do Portus - agora é para ficar! Isto num jogo que marcou o 400º encontro do nosso Manel Maganete no Portus87. Mais uma marca impressionante, devidamente assinalada no início da partida. Parabéns Manel! Venham mais 400!

 

11- Palankas D. 3-4  A  Pav. Boa Nova,  3 Nov 09

 AS, HV, JN, ZM, TZ(1), NP(2)

Realmente é assim que vale a pena! Jogos-treino destes dão o prazer acrescido de jogar futebol como quando éramos miúdos - 5 de cada lado (e neste caso, só um suplente na nossa equipa, porque os Palnakas eram mesmo 5), e a bola a rodar sem paragens, discussões, problemas, nem preocupações de qualquer tipo. Como tem acontecido sempre entre estas duas equipas o jogo foi rápido, bem jogado, saboreado ao máximo, correcto em todos os momentos, mesmo que as equipas não tenham medo de jogar de forma empenhada e física. Sabemos que quando existe mesmo desportivismo isso não é um problema para ninguém. Os Palankas jogam que se farta (como toda a gente sabe), são das equipas que melhor circula a bola, defendendo também muito bem, e aplicaram bem essas qualidades desde o início da partida, adiantando-se no marcador (2-0) bem cedo.Nós reagimos com energia e graças a muito esforço e concentração lá demos a volta ao resultado, apesar de mais uma vez termos um défice enorme de velocidade na frente de ataque. Os Palankas nunca abrandaram e acabaram por vencer por 4-3, apesar de até final termos várias oportunidades para empatar o encontro. Não deu, mas vontade não faltou, como sempre!

 

10- RD Congo D. 1-5  Mini Liga  Pav. Teixeira Lopes,  27 Out 09

 AS, HV, JN, ZM, TZ, MM(1), NP

Mais uma deslocação dificil e nova derrota contundente. Não está a ser fácil este início de temporada para o Portus87 na Mini Liga. Por um lado, as outras equipas apresentam-se fortes, por outro temos estado mais fracos, menos capazes. Claro que o Mota, o Vieira e o Sebas (também lesionado, mas há mais tempo) fazem falta, mas as lesões e impedimentos são parte da competição e temos que saber viver com isso. Como se costuma dizer, só fazem falta os que lá estão, mas foi importante no entanto a presença do Mota e do Vieira no pavilhão para apoiarem a equipa e estarmos todos juntos, nomeadamente na terceira parte que se seguiu... Relativamente ao encontro, tendo em conta as circunstâncias e as ausências, adoptamos uma postura de expectativa no início do jogo, procurando situações de contra-ataque, mas a verdade é que dois golos em dois bons remates do RD Congo, que entrou bem no jogo, deitaram a estratégia por terra. Fomos obrigados a arriscar na segunda parte, jogando subidos, fazendo pressão alta e isso custou-nos a manutenção do equilíbrio defensivo, o que foi muito bem aproveitado por uma equipa do Congo que está mais forte e unida do que nunca, possuindo os tais jogadores rápidos e explosivos que neste momento nos faltam. Mesmo assim lutamos sempre muito, até à exaustão, nunca dando uma bola nem o jogo por perdido apesar da desvantagem ir crescendo no marcador. Esta atitude fantástica da equipa explica de forma sucinta a razão pela qual tanto gosto do Portus87: mesmo num jogo que nos corria pessimamente nunca nos desunimos, nunca deixamos de tentar resolver as coisas no colectivo, fazendo até boas jogadas, mas sem capacidade de as finalizar - ainda por cima o Fonseca está numa forma extraodinária. E, pronto, as derrotas acontecem, e quando são justas e inequívocas como esta, temos é que dar os parabéns ao adversário, e procurar fazer melhor já no próximo jogo.Destaque ainda para o excelente ambiente vivido no jogo, com máximo respeito entre as duas equipas.

9- Gaiathynaicos V. 5-1  Mini Liga  Pav. Boa Nova,  20 Out 09

 AS, HV, JN(2), ZM, TZ, MM, NP(1), NM(1), PV(1)

Demos ontem uma boa resposta à derrota sofrida na primeira jornada da Liga frente ao CFC. A equipa voltou a estar muito unida e concentrada, frente a uns "gregos" sempre bem organizados e perigosos no contra-ataque. Foi por isso importante entrar bem e marcar primeiro, de forma a gerir depois os acontecimentos. Isto porque o Gaiathynaikos nunca desistiu e reduziu para 2-1 perto do intervalo lançando o jogo para uma boa segunda parte, em que fizemos juz á vitória, com boas jogadas ofensivas e muita segurança lá atrás. O 3-1 deu-nos tranquilidade e permitiu-nos arrancar para um belo final de partida chegando ao 5-1 definitivo. Esta Mini Liga promete mesmo muito equilibrio e muitos jogos de excelente nível, que se ainda por cima forem jogados com a correcção absoluta do de ontem à noite garantem divertimento assegurado e de grande nível.

8- CFC D. 2-8  Mini Liga  Pav. Boa Nova,  15 Out 09

 AS, HV, JN(1), ZM, TZ, MM, NP, NM, PV(1)

Entramos a dormir no encontro, demasiado relaxados e amorfos, é verdade, mas este jogo provou que temos um CFC fortíssimo, ao seu melhor nível, que é desde já um grande candidato ao título. Uma vitória totalmente merecida, que assentou num ritmo forte e intenso que nos atropelou. Ainda reagimos na segunda parte, reduzimos para 1-4 e 2-5 mas depois os riscos que tivemos que correr levaram ao aavolumar do resultado. Há dias assim....em que tudo corre mal e perante um adversário inspirado sucedem estas situações. Pena ter sido no nosso dia de aniversário. Mas a força e carácter das equipas vêem-se nestes momentos e isso foi o que nunca faltou ao Portus87. Felizmente. Diga-se ainda que foi um jogo correctisssimo entre duas equipas que têm um respeito máximo recíproco. Assim até custa (um bocadinho) menos perder.

 

7- RD Congo E. 1-1  SuperTaçaML  Pav. Cohemato,  8 Out 09

 AS, HV, JN, ZM, TZ, MM, NP, NM(1), PV

Sabíamos que os "africanos" estavam em boa forma e que iam apostar no seu habitual sistema de contra-ataque, em que são exímios. Mas os cuidados não chegaram e o Congo adiantou-se no marcador, por volta dos 5 minutos, ficando a jogar como gosta: na expectativa, com uma excelente defesa e um Fonseca em grande nível na baliza, como de costume. Aí, tivemos mesmo que ir para cima, sem perder a cabeça, com intensidade ofensiva mas também rigor defensivo. E acabamos por obter resultados já a dois minutos do fim do jogo, após mais uma excelente jogada colectiva, concluída perto da baliza - unica forma de bater o inspirado Fonseca. Ainda fizemos um forcing para chegar ao 2-1 resolvendo desde logo a competição, mas tal não foi possível, apesar de uma boa oportunidade mesmo no fim.Assim, tivemos que ficar à espera do jogo entre RD CONGO e INTER em que precisavamos que se registasse uma vitória do Inter, um empate, ou um triunfo do Congo por menos de três golos de diferença, ou caso acontecesse uma vitória dos "africanos" por dois golos que marcassem menos golos do que nós haviamos feito contra o Inter.E a verdade é que num jogo dominado pelo Inter, mas em que brilhou a defesa e o contra-ataque do Congo, ainda sofremos a bom sofrer, porque a 2 minutos do fim os "africanos" fizeram o 2-0 e estiveram perto de nos estragar a festa. E tudo fizeram por isso, demonstrando grande qualidade, muita garra e espírito, deixando claro que são candidatos à Mini Liga desta época.No fim, foi então a nossa festa, recebendo uma Taça (super) que nos soube muito bem e que foi celebrada a preceito!!!

 

6- InterCoimbrões V. 4-2  SuperTaçaML  Pav. Cohemato,  8 Out 09

 AS, HV, JN, ZM, TZ, MM, NP, NM(2), PV(2)

Uma reedição da final da Taça e estramos com vontade de nos desforrarmos dessa derrota. Um jogo que começou com algumas cautelas, mas que rapidamente entrou em ritmo alucinante, graças aos nossos dois golos iniciais, que obrigaram o Inter a arriscar e a jogar aquele futsal mexido e bem delineado a que já nos habituou, E a verdade é que reagiram da melhor forma e chegaram ao empate. Foi então altura de recorrer àquela garra e união do costume no Portus para conseguirmos parar a possível reviravolta e partirmos para uma vitória muito importante, baseada no acerto das marcações e nos ataque rápidos.

 

5– Celta de Gaia D. 4-5  A. Pav. Mun. Coimbrões,  30 Set 09

 HV, JN(1), ZM, TZ, MM, NP(2), PV(1)

Mais um belo jogo treino, mais uma partida muito bem disputada, com alegria, animação e muita correcção. É realmente impressionante a quantidade de equipas de enorme qualidade com que hoje em dia se pode jogar no FFA. E que ao mesmo tempo demonstram também enorme organização e grande correcção, fora e dentro do campo. Algo que muito apraz registar. O Celta de Gaia é um bom exemplo do que disse atrás: uma equipa cheia de excelentes jogadores (com destaque para o Luís que já conhecia do Palankas), com muito futsal e bem dirigida pelo Salvador.Tivemos dificuldades iniciais óbvias porque entramos lentos e pouco agressivos a defender, mas depois do 0-2 reagimos bem, subimos no campo e começamos a dar menos espaço ao adversário.O jogo processou-se então numa toada de ataque e contra-ataque por parte das duas equipas, que talvez não seja do agrado dos treinadores de futsal mas que é bem agradável para os jogadores que querem é jogar a bola , por diversão.... E o jogo podia ter caído para qualquer das duas equipas, que estiveram empatadas a 3 e a 4, mas o Celta acabou por ser mais feliz e marcou o 5-4 num remate que entrou na baliza lentamente após grande azar do nosso GR. É de facto uma fase dificil, que o Portus87 vai saber ultrapassar, desde logo mantendo a "cabeça fria", sendo também certo que não alteraremos a nossa filosofia de equipa, e de amigos, mesmo tendo em conta o brusco crescimento do nivel das equipas que nos rodeiam! 

4– CFC D. 3-8  A. Pav. Boa Nova,  22 Set 09

 AS, HV, JN(1), ZM, TZ, MM, NM(1), PV(1)

Ontem não era mesmo o nosso dia, neste jogo com o CFC. Primeiro, chegamos ao pavilhão da Boa Nova e meio recinto estava "à sombra" devido a problemas na iluminação - uma situação muito chata mas que foi encarada com humor pelas duas equipas, que queriam era jogar a bola. Depois, fizemos uma partida muito fraquinha - do pior que temos jogado - permitindo que o CFC chegasse a um resultado convincente (8-3), mostrando bom futsal, muito colectivo e rápido. Há dias assim, tudo fizemos para inverter o rumo dos acontecimentos e o resultado, mas tudo parecia sair mal. Passes transviados, perdas de bola incríveis, golos falhados. Enquanto isso, o CFC fazia o seu jogo e parece ter voltado aos bons tempos, com os seus jogadores habituais em boa forma, fazendo prever que vão lutar pelo título da MIni Liga novamente. E ainda bem que assim é. Há agora que dar a volta a esta má exibição, o que faremos com certeza, com o espírito de união do Portus a funcionar.

3– AC Gaia D. 3-6  A. Pav. Vila d'Este,  17 Set 09

 AS, HV(1), JN, ZM, TZ, MM, NM, NP, PV(2)

Citando o adversário - Nelo (AC Gaia): "Grande Jogo que se assistiu esta noite na Arena do AC GAIA. Frente a frente o Portus87, equipa que dispensa apresentações, apenas são os campeões do FFA, e os campeões da Mini Liga e são uma grande equipa.As duas equipas começaram bem, jogavam olhos nos olhos e o AC GAIA marca o 1º golo por intremedio do Cris_11. O Portus87 responde em contra ataque e numa falha de marcação faz o 1-1 após uma marcação de um canto. O AC Gaia não baixa os braços e volta a carregar marcando o 2-1 por intermédio do Sá_7.Era tempo de fazer mudanças, pois temos novos jogadores que precisam de jogar e ganhar ritmo, mas sempre com atenção ao 5 que Portus87 apresentava dentro de campo, e sempre com vontade de ganhar. Mesmo assim o Portus87 reduz para 2-2 aos 30 min.Na segunda meia hora, penso que fomos melhores, colocamos 2 jogadores criativos na frente porque o Portus87 fazia o mesmo, e estava avançar no terreno.Com o Cris e Sa na frente, não deixando o Portus87 subir no terreno, tentamos não falhar nas marcações individuais, e foi a nossa vez de sair em contra ataque, fomos felizes e assim chegamos ao resultado final de 6-3.Foi um excelente jogo, é sempre um prazer jogar com os nossos padrinhos do FFA, e verdadeiros campeões no que diz respeito ao fair-play e no convivio." - Tal como foi dito, foi uma grande jogatana a de ontem à noite em Gaia.O jogo foi bem descrito pelo Nelo e pelo Diogo, pelo que prefiro acentuar o excelente ambiente que se viveu, o prazer notório de todos os intervinientes em jogar a bola, em fazer aquilo que tanto gostam sem o mínimo problema ou discussão. E, claro, todos a tentar ganhar o jogo, olhos nos olhos. O AC Gaia foi superior e mereceu a vitória, apesar da luta que demos e do jogo ter estado muito equilibrado na maior parte do tempo.O momento do encontro acabou por ser o 3-2 para o AC Gaia escassos segundos depois de termos feito o empate. Uma desconcentração colectiva que nos custou caro, mas que serve de lição para próximos jogos. Depois andamos atrás do prejuízo e sofremos os efeitos do terrível contra-ataque da equipa da casa. Falta dar os parabéns ao AC Gaia pelo excelente jogo realizado e pela grande equipa que tem, tanto individual como colectivamente, até porque mostra que sabe defender, algo que muitas vezes é esquecido por quem tem talento para o ataque.

2– GD Sol Nascente V. 14-6  A. Futsal Arena,  9 Set 09

 AS, HV(1), JN(1), ZM, TZ(1), MM(1), NM(4), NP(1), PV(5)

Mais um excelente jogo treino entre estas duas equipas, para matar a fome de bola criada pelas férias e para ganhar ritmo.
O GDSN mostrou que está cada vez melhor equipa, com bons jogadores que jogam bem e colectivamente. E o jogo foi muito equilibrado até perto do fim, com muitos golos, que iam surgindo alternadamente nas duas balizas, apesar de termos estado sempre na frente (empates a 4-4 e 5-5). Depois soubemos impor a nossa maior maturidade, para com rápidos ataques desequilibrarmos o marcador, até aos 14-6 final.
Ainda se nota alguma lentidão e falta de ritmo mas o essencial está lá: vontade e forte entendimento colectivo que fazem augurar mais uma boa época para o Portus87.
Falta agradecer a visita do GDSN, cada vez mais uma das boas equipas do FFA, num jogo que foi bem disputado e em geral, muito correcto.Este foi ainda um jogo muito especial para para todos e em particular para o Cap. João, alcançou a mitica meta dos 500 jogos, que escreveu a propósito: é com muito orgulho que ontem completei o meu JOGO NÚMERO 500 desde Setembro de 2001 (altura em que passamos a contabilizar estas coisas) no PORTUS87! E tive direito a lembrança comemorativa como sempre acontece a todos os elementos que completam números redondos (centenas...) de jogos realizados.Enfim, um momento que me deixa feliz porque representa exactamente a ligação tão especial a esta equipa, a este grupo de grandes amigos e a uma prática desportiva / recreativa continuada, empenhada e muito desfrutada!Venham mais 500, sempre com este grupo fantástico, de um espírito único!!!!!!!!!!

 

1 – Figaros Bonjóia V. 16-3  A. Futsal Arena,  4 Set 09

 HV, JN(4), ZM, TZ(2), NM(4), NP(3), PV(3)

Começamos da melhor forma mais uma época do Portus87. Mais de uma hora de um jogo treino com os Fígaros que foi disputado com correcção e com muitos golos. O tempo prolongado de jogo acabou por proporcionar um resultado muito desnivelado, aé porque demonstramos grande entrosamento perante uma equipa com bons jogadores mas que ainda procura o entendimento necessário entre eles. Curiosamente, até começamos a perder (0-2), mas tivemos a calma necessária para ir crescendo no jogo, chegando depois a momentos de grande exuberância com muitas jogadas rápidas e bem delineadas que terminaram muitas vezes em golos vistosos, completando o tal resultado desnivelado de 16-3.Foi portanto um jogo ideal para ganhar ritmo, jogado com desportivismo.

Enter content here

Enter content here

Enter supporting content here